FUNIL DE VENDAS – TRANSFORME SEUS ASSINANTES EM CLIENTES FIÉIS!

FUNIL DE VENDAS – TRANSFORME SEUS ASSINANTES EM CLIENTES FIÉIS!

Você sabe o que é um Funil de Vendas, também conhecida como Funil de Alta Conversão?

É muito simples, trata-se de uma estratégia altamente especializada para quem quer vender produtos digitais.

Isto é, você pode vender e-books, cursos em vídeos aulas, softwares, entre outros produtos.

A maioria dos empreendedores, que trabalham pela internet, tem feito uso desta estratégia. Pois, a sua eficiência tem sido altamente comprovada já faz algum tempo.

Ou seja, se você fizer uma utilização altamente profissional e seguindo todos os passos de uma maneira cautelosa, as chances de aumentar o seu potencial de venda será enorme.

O funil de vendas é um tipo de planejamento para aumentar ao máximo os lucros de uma empresa ou de um negócio.

O que muita gente não sabe é que o processo de finalização de uma compra depende de vários fatores. E é justamente nisso que o funil de vendas se baseia.

Se o funil for criado corretamente, esse tipo de planejamento pode te dar várias oportunidades de crescimento.

Mais ainda, fazer com que os seus funcionários também cresçam com você.

 
 
 

A Origem do Funil de Vendas!

a origem do funil de vendas

O funil de vendas foi desenvolvido a partir de um modelo de marketing denominado AIDA (atenção, interesse, desejo e ação).

E o fundamento do marketing moderno e a prática da propaganda atual são baseadas neste modelo.

Esse modelo descreve os quatro passos básicos que podem ser usados para prospecção de potenciais clientes a concluir suas compras.

Os três primeiros passos estão relacionados a chamar a atenção (A), desenvolver interesse (I) e criar desejo (D), dizendo exatamente para um cliente como e onde comprar.

Num livro lançado em 1925, “The Psychology of Selling and Advertising”, de Ed Kellogg Strong Jr., surgiu a primeira citação sobre a AIDA, sendo considerada essa a origem da sigla.

No entanto, o próprio livro de Strong credita a ideia inicial a um pioneiro da propaganda, Elias St. Elo Lewis, que viveu entre 1872 e 1948.

Ele dizia que foi Lewis quem formulou esse conceito de atrair a atenção, manter o interesse e criar o desejo, isso ainda em 1898, e que, mais tarde, inseriu o quarto processo, “agir”.

A utilização do conceito AIDA é muitas vezes atribuída ao artigo de C. P. Russel, “How to Write a Sales – Marketing Letter”.

Este artigo foi publicado na revista americana de propaganda chamada “Printer’s Ink”, de 1921. Russel fazia parte do conselho editorial da revista.

Na história e desenvolvimento do marketing, outras duas variáveis foram apresentadas a partir do conceito AIDA:

  • EPIA (exposição, percepção, integração e ação), desenvolvido pelos professores Sanclage e Fryburguer, em 1967, nos Estados Unidos.
  • O Conceito dos acadêmicos Robert Anderson e Thomas Barry, propondo somar a fidelidade à marca aos vários modelos de hierarquia de efeitos baseados no modelo original.

Veja, a seguir, como funciona o modelo de marketing aplicando os conceitos do AIDA:

 
 
 

Funil de Vendas, Conceitos do AIDA!

funil de vendas, conceitos do AIDA

Segundo Philip Kotler, um dos grandes mestres do marketing do século XX, poucas mensagens levavam o consumidor desde o conhecimento até a compra.

Embora, a abordagem AIDA possa sugerir as qualidades de uma mensagem.

A AIDA ficou conhecida como um funil, trazendo o conceito de “funil de vendas”.

Já que serve para canalizar os sentimentos através dos estágios do processo de comunicação, levando o consumir em direção a uma venda.

Principalmente, se aplicada aos negócios digitais. Ou seja, ao e-mail marketing, à geração de leads e ao marketing de conteúdo.

Fo assim que o funil de vendas foi inserido ao marketing digital.

Esse tipo de marketing, voltado especificamente aos negócios que utilizam a internet, apresentam as mesmas características do modelo original.

Isto é, contém as mesmas etapas, porém utilizando termos próprios da internet.

Em resumo, o funil de vendas quando aplicado ao marketing digital, apresenta as fases adaptadas do modelo AIDA, como você pode ver a seguir:

 

1 – A primeira etapa

É aquela onde é necessário prospectar o cliente, escolhendo o público-alvo através de ferramentas específicas para a geração de leads;

 

2 – A segunda etapa

É a apresentação do produto, utilizando todas as ferramentas do sistema digital para sua apresentação, onde o e-mail marketing é bastante utilizado;

 

3 – A terceira etapa

É necessário quebrar as objeções, tirando as dúvidas dos leads que o impedem de tomar a decisão de compra;

 

4 – Finalmente, a quarta etapa

É a hora de fechar o negócio, realizando a venda para todos os clientes que chegarem até este ponto do funil.

O modelo vem se mostrando bastante eficiente para o marketing digital, já que gera uma maior aproximação entre o vendedor e o cliente.

Isto possibilita criar um relacionamento onde é possível aplicar um processo de vendas denominado Upsell.

Ou seja, assim que o vendedor faz uma venda, começa a ofertar um novo produto, por ter melhor conhecimento do cliente em razão do relacionamento criado através do funil de vendas.

 
 
 

As Representações do Funil de Vendas!

as representações do funil de vendas

No funil de vendas, a intenção é transformar os visitantes de um site ou blog em leads e depois, em clientes.

O próprio formato geométrico do funil de vendas estabelece que todos os contatos que entrem no topo devem sair no final como clientes, embora isso não seja totalmente correto.

A maior parte das pessoas saem antes do final do funil, sem deixar qualquer contato, muitas vezes não retornando ao site ou blog.

Podemos enxergar o funil de vendas mais como um balde furado, que vai despejando água ao longo de um percurso.

Essa água derramada representa os visitantes que resolvem não deixar qualquer informação com o vendedor.

Assim, o funil de vendas serve como um conceito a ser levado com bastante cuidado e critério.

 
 
 

Funil de Vendas, Um Modelo Para Gerar Ações!

funil de vendas, um modelo para gerar ações

Você pode entender melhor as etapas do funil de vendas quando acompanhar as porcentagens de conversões de visitantes em leads, ao longo do caminho percorrido durante a aplicação dessa técnica.

Veja que somente as etapas não fazem com que os leads tomem atitudes que possam levar ao final.

É do vendedor, a responsabilidade para que os leads tomem as ações que ele, como vendedor, está pretendendo.

Ou seja, o vendedor precisa prestar atenção ao seu produto, ouvir seus clientes e gerar as ações de melhoria em suas estratégias de marketing.

Tudo isso será necessário para que o lead, aos poucos, seja transformado em cliente.

Ações mais efetivas podem ser tomadas principalmente depois da primeira compra.

Quando o lead se transformar em um cliente, o vendedor terá mais confiança nas estratégias que serão aplicadas.

Após alguns meses de uso, o próprio cliente poderá gerar ideias mais próximas das coisas que ele realmente necessita.

Além disso, a percepção dele com relação ao vendedor estará mudando através do tempo.

Assim, cada etapa do funil de vendas pode gerar uma segmentação diferente.

 
 
 

Funil de Vendas, Tráfego Orgânico e Tráfego Pago!

funil de vendas, tráfego orgânico e tráfego pago

Em primeiro lugar, é preciso conseguir tráfego na sua página ou site para que você possa chegar ao final do funil com vendas concretizadas.

E existem dois métodos distintos para gerar tráfego para uma landing page: o tráfego orgânico e o tráfego pago.

 

1 – Métodos de tráfego orgânico

  • Você pode usar as mídias sociais, ou redes sociais, para transformar seguidores em leads.

Use as postagens e links para direcionar os seus seguidores para página de captura ou chamar sua atenção para os produtos que você está vendendo.

  • Outra forma é você aproveitar os artigos que tenham mais acessos.

Isto é, que estejam melhor posicionados nos buscadores. Insira um “call to action” ou CTA nestes artigos e leve o visitante ou lead para a sua página do funil.

Nesse caso, você pode ver a importância de um blog para o funil de vendas.

 

2 – Métodos de tráfego pago

  • Você pode fazer anúncios utilizando o Google Adwords através do Pay Per ClickO Pay Per Click (PPC) consiste na inserção de pequenos anúncios em sites.

Neste caso, você vai pagar por clique, enviando o interessado para uma página de captura ou para uma página de vendas.

  • Campanhas nas Mídias Sociais como o Facebook, o Pinterest, o Instagram, o Twitter ou até mesmo o LinkeIn. 

Estas redes sociais podem ser usadas para gerar leads qualificados para sua página de captura, que é a porta de entrada do seu funil de vendas.

  • Outra forma são os Post Convidados ou Guest Post.

Esta estratégia consiste em postar seus artigos em outros sites ou blogs. Alguns sites cobram para isso. 

Nunca esqueça que esses sites têm que estar relacionado com o segmento de negócio em que você esteja trabalhando.

Se você criar um guest post de qualidade num blog que tenha autoridade, poderá aproveitar o número de leitores desse blog.

Assim, poderá gerar seus próprios leads, levando-os para sua página de captura através de um pequeno link no final de cada artigo.

 

Em qualquer um desses casos, depois que o lead entrar no seu funil de vendas, você vai precisar utilizar a estratégia de e-mail marketing.

O e-mail marketing ainda é uma das melhores formas de transformar prospects em clientes.

O processo consiste na remessa de e-mails para quem deixou na sua squeeze page o seu contato.

Nesse método você pode usar um serviço de auto responder para a lista de contatos capturados.

 
 
 

Como Funciona o Funil de Vendas? 

como funciona o funil de vendas

Sabe aquele funil convencional utilizado pelas donas de casa? Baseie-se nele para entender o funcionamento de um funil de vendas. 

Como no funil convencional, o nosso funil de vendas também possui 3 partes fundamentais: uma mais larga, uma de tamanho médio e uma mais fina.

 

1 – O começo do seu funil de vendas

Na parte mais larga do seu funil, você irá colocar as necessidades do seu futuro cliente. 

Ou seja, vai definir qual o seu público-alvo e se programar para conseguir aumentar o maior número possível de contatos ou leads.

Esses contatos serão atraídos através de Banners, Squeeze Pages, Anúncios com base na Adwords, Redes Sociais, etc.

Você terá que entender e saber analisar esses principais meios de atração e captação dos seus clientes.

Pois, é de suma importância garantir que eles estejam nos locais certos quando você fizer a divulgação. 

Este tipo de análise fará com que você não perca dinheiro, reduzindo o índice dos chamados “curiosos”.

Ou seja, aqueles que visitam por visitar, sem ter nenhum interesse na compra do seu produto.

 

2 – O meio do seu funil de vendas

O meio do funil de vendas tem como função abastecer o cliente com todas as informações possíveis sobre o produto comercializado. 

O objetivo é atrair da melhor maneira possível o comprador e obter o “diferencial” que levará o consumidor a optar pela sua mercadoria.

Você irá trabalhar em propostas que serão capazes de chamar a atenção dos clientes.

Mais do que um trabalho convencional de marketing, você terá que entender como os clientes reagem frente às propostas.

Terá que estudar qual a melhor forma de abordagem, planejar promoções, ofertas e estruturar o seu mecanismo de vendas.

Fique constantemente ligado nos diversos meios disponibilizados para tirar dúvidas e receber críticas ou sugestões, sempre aperfeiçoando seu negócio.

Existem várias ferramentas que medem o fluxo de acessos em cada página do seu negócio online, como: Google TrendsCompete.comAlexa.com, entre outros.

Assim, é possível saber até mesmo em qual passo os clientes estão desistindo de fechar a aquisição, uma informação vital para procurar soluções pontuais.

 

3 – O final do seu funil de vendas

A última parte do funil de vendas é a responsável pelo nome da estratégia. Ou seja, o fechamento da venda ou Conversão.

Esse fenômeno nada mais é do que o resultado de todas as ações de melhoria empregadas ao longo do processo.

Isto é, desde os ajustes na captação com as mais variadas estratégias de Marketing Digital como também a absorção de críticas e sugestões.

Além das mudanças de layout e do sistema de compra adquiridos no poder do “Convencimento”.

Você precisa reunir a equipe de todos os setores, e conversar sobre a negociação final dos produtos.

Sabia que um dos motivos que mais fazem o cliente desistir de uma compra é a falta de uma boa negociação?

Muitas vezes o cliente quer o produto, mas não leva porque o vendedor não soube abordá-lo!

É por isso que essa parte precisa ser muito bem trabalhada. 

Assim, você irá transformar os que eram meros clientes em ótimos compradores, rapidamente!

 
 
 

Montando o Seu Funil de Vendas!

montando o seu funil de vendas

Para montar um funil de vendas realmente eficiente, você precisa responder algumas questões para criar o seu plano de vendas.

Confira agora, quais são as questões que você deve abordar:

 

1 – Qual a situação financeira da empresa? De quanto será o Investimento? Quais são os objetivos?

Você e sua equipe precisam responder essas questões, pois são essenciais antes de seguir com o planejamento do funil de vendas.

Existem métodos de marketing que não são onerosos e que podem ser feitos facilmente.

Um exemplo disso é utilizando o Marketing Digital através das mídias sociais.

 

2 – Qual será o público-alvo?

Definir o qual será o público-alvo é muito importante para elaborar um funil de vendas, pois todo o planejamento será voltado para ele.

É necessário reconhecer quais são os consumidores da sua marca e quais são as reais necessidades dele. 

Assim, você conseguirá maximizar ainda mais as suas vendas.

 

3 – Vai ser preciso criar uma página de captura?

Para fazer o marketing digital, você precisa ter o e-mail dos possíveis clientes.

Para isso, é preciso construir uma página de captura e contratar um serviço de auto responder.

Parte do planejamento do funil de vendas, envolve a elaboração de estratégias personalizadas para cada tipo de cliente. 

Dentro disso, você precisa fazer um marketing digital que seja o mais objetivo possível.

Isso significa que quando você elaborar uma página de captura, deve colocar somente informações sobre do que se trata o seu produto. 

Assim, você só receberá os e-mails de quem realmente estiver interessado nesse tipo de produto.

 

4 – É necessário montar uma loja virtual?

Além da sua empresa física, é necessário que você crie uma página online onde o cliente possa encontrar os produtos que deseja.

Nem todo mundo tem tempo livre para estar em um lugar físico. 

Portanto, para aumentar as vendas é necessário colocar a sua marca em um ambiente digital.

É importante também que sua loja virtual tenha conexão com a sua página de captura. 

Assim, o internauta vendo as suas propostas é possível que possa finalizar alguma compra.

 

5 – É preciso enviar sempre newsletters de qualidade?

Quando você conseguir os contatos para a sua lista de e-mail marketing, é essencial que envie sempre newsletters de qualidade para os seus futuros clientes. 

Dessa forma, você mostrará simpatia e acabará conseguindo mais inscrições para a sua página de captura.
 
 
 

Finalizando Sobre … Funil de Vendas!

finalizando sobre funil de vendas

O funil de vendas não deve ser aplicado somente em um determinado período dentro de uma empresa.

É importante que você saiba que ele deve ser aplicado todos os dias.

Procure entender quais são as necessidades específicas do seu negócio.

Para isso, tenha sempre à disposição em se aprofundar ainda mais no estudo de novas medidas para incrementar a estratégia de marketing

Dessa forma você nunca perderá o controle de suas vendas e conseguirá manter o nível dos lucros acelerado.

Independentemente do tamanho da empresa, você precisa também manter os funcionários motivados e deixá-los a par do funil de vendas da empresa. 

Em um local onde todos trabalham com um único objetivo, o trabalho rende muito mais e os lucros aparecem rapidamente.

 

Compartilhe!

Bom, agora que chegamos ao final da matéria, gostaria de fazer uma pergunta: De alguma forma, o artigo sobre funil de vendas foi útil para você?

Se sim, então fique à vontade para compartilhar nas redes sociais com seus parentes e amigos: Facebook, Google+, Twitter, entre outras redes.

É só clicar nos botões de compartilhamento que se encontram no começo e final da página.

Ou então, deixe um comentário com a sua opinião, críticas, sugestões e possíveis dúvidas. Para nós é muito importante!

Um grande abraço e muito sucesso nos seus negócios!   😆 😆  😆 

 
Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Funil_de_vendas

http://www.ignicaodigital.com.br/o-que-e-funil-de-vendas/

https://nextidea.com.br/como-mensurar-resultados-no-seu-funil-de-vendas/

 

Ficou interessado em construir um negócio para ter uma renda pela internet? Então, conheça esse incrível curso que vai te ensinar passo a passo como montar e iniciar o seu negócio online altamente rentável.

banner-formulanegocioonline-812x100
 
 

Opa! Junte-se a Nós e Faça Parte da Nossa Lista VIP  de Mais de 2.386 Pessoas Para Receber Todas as Atualizações do Nosso Site.

Respeitamos a sua privacidade. Nunca enviaremos SPAM.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!