E-COMMERCE – DO QUE SE TRATA ESSE GRANDE FENÔMENO DA INTERNET?

E-COMMERCE – DO QUE SE TRATA ESSE GRANDE FENÔMENO DA INTERNET?

Vamos começar definindo desde já, de uma forma simples, o que é E-Commerce: O E-Commerce é nada mais nada menos do que o nome dado ao comércio eletrônico.

Ele define as formas de comércio que realiza suas transações financeiras por meio de dispositivos e plataformas eletrônicas.

Um exemplo desse tipo de comércio são as compras e vendas de produtos através das lojas virtuais.

Não há necessidade de um local físico para promover suas vendas, elas acontecem apenas no mundo digital.

O e-commerce funciona de uma forma virtual, através de algum equipamento eletrônica, tais como: computadores, tabletes e smartphones.

Quando teve início, o e-commerce era mais utilizado para a venda de bens tangíveis e com valores ainda modestos, como livros e CD’s.

Hoje, o e-commerce é utilizado para comercializar qualquer tipo de produto.

Desde aqueles que custam milhões como carros, iates, mansões, até produtos mais modestos como roupas, alimentos e perfumes.

Há pouco tempo atrás, esses produtos eram inimagináveis no e-commerce, principalmente pela razão da sua incompatibilidade com essa modalidade de comércio.

 
 
 

E-Commerce, Aplicável a Qualquer Tipo de Negócio!

e-commerce, para qualquer negócio

Hoje, o e-commerce é um conceito aplicável nos mais diferentes tipos de negócios e de transações comerciais.

Ele abrange uma gama praticamente infinita de diferentes tipos de negócios.

Isto é, pode-se vender desde retalhos em sites de lojas virtuais e até mesmo em sites de leilões, passando pelo comércio de bens e serviços entre organizações.

Atualmente, o e-commerce é um dos mais importantes fenômenos trazidos pela internet, estando em constante crescimento e permitindo sempre inovações.

O e-commerce permite que consumidores finais façam transações de bens e serviços eletronicamente, sem qualquer barreira de tempo ou de distância.

O comércio eletrônico teve uma rápida expansão nos últimos anos.

A previsão é que continue essa expansão dentro das mesmas taxas de crescimento, ou até mesmo que haja uma aceleração nesse crescimento.

Ou seja, as fronteiras entre o comércio convencional, praticado pelas lojas físicas, e o e-commerce, praticado na internet, tendem a se fundir.

Pois, muitas empresas conhecidas do grande público transferem seus produtos para as lojas virtuais que atendem tão bem quanto as lojas físicas.

 
 
 

E-Commerce e o Carrinho de Compras Online!

e-commerce, carrinho de compras

O E-Commerce trabalha com carrinhos de compras online, um sistema denominado shopping cart.

Ele é todo informatizado e usado para permitir que os consumidores comprem bens e serviços.

Além disso, acompanham os clientes e integram todos os aspectos necessários para o funcionamento do e-commerce num mesmo dispositivo.

Atualmente, existem diversos tipos de software no mercado, tais como: Shopify, BigCommerce, 3dcart, Strikingly, 1ShoppingCart, … dentre outros.

Após a devida customização, permitem métodos relativamente econômicos para montar, editar e manter em funcionamento uma loja virtual.

Mas, qual é a diferença entre um carrinho de compras online de um carrinho de compras real, como num supermercado?

Na loja virtual, o cliente vê qualquer produto que lhe interesse, coloca o produto numa cesta de compras virtual (ou num carrinho).

Quando termina sua “visita”  à loja virtual, leva-o até o checkout para completar sua transação e fornecer os dados para pagamento.

A forma como o cliente atua com o seu carrinho virtual é apertando teclas, ou seja, algo mais simples do que isso não pode haver.

No supermercado, além de ter de se deslocar até o mercado, é necessário tirar o produto da prateleira, colocar no carrinho de compras e levar o carrinho para o caixa.

Depois de fazer o pagamento, tirar os produtos do carrinho e levá-los para o carro, descarregar o carro quando chegar em casa e colocar os produtos na prateleira, ufa, até que enfim!

 
 
 

Principais Fundamentos do E-Commerce!

fundamentos do e-commerce

Os principais fundamentos de qualquer e-commerce são: a segurança, a criptografia e o pagamento eletrônico.

Claro que, por trás disso tudo, o e-commerce envolve pesquisa, desenvolvimento, marketing, propaganda, negociação, vendas e suporte.

O e-commerce é o segmento que cuida de todas as informações eletrônicas armazenadas numa empresa.

No caso de uma instituição financeira, os dados incluem nomes de clientes e até mesmo os valores de transações monetárias efetuadas entre as grandes organizações.

É essa facilidade oferecida pelo e-commerce é que o fez crescer tanto nos últimos anos.

Ou seja, o comércio eletrônico permite fazer compras de qualquer produto pela internet, basta apenas procurar por eles.

No e-commerce, como já dissemos, não há barreira entre tempo e distância.

O cliente pode encontrar uma variedade muito maior de produtos e, muitas vezes, com preços bem melhores do que no comércio físico.

Isso tudo sem contar com a comodidade oferecida de esperar os produtos em sua própria casa.

Com um público cada vez mais exigente, o desenvolvimento de mecanismos para vendas de produtos através do commerce eletrônico tem crescido muito.

Basta simplesmente ver como funcionam as lojas virtuais.

Uma loja virtual, antes de ser criada, deve ser feita uma análise levando-se em consideração dois aspectos que serão determinantes para o sucesso do seu negócio:

  • Ter um nicho bem definido, com escolha correta de produtos ou serviços, seus aspectos logísticos e as formas de pagamento disponíveis.
  • Aplicar as estratégias de marketing para gerar tráfego qualificado para a loja virtual.

 

 
 
 

Principais Tipos de Relação de Negócio do E-Commerce!

tipos de relação do e-commerce

Vamos detalhar um pouco mais os vários tipos de negócio que podem ser feitos através do e-commerce:

 

1 – Business to Business ou B2B

Os B2B são as transações eletrônicas feitas exclusivamente entre empresas.

Baseia-se praticamente em três grandes áreas: o e-Marketplace, o e-Procurement e o e-Distribution.

 

2 – Business to Consumer ou B2C

Os B2C são as transações estabelecidas entre uma empresa virtual e um consumidor final.

É a área que mais vem crescendo nos últimos anos devido ao advento da web. Comercializam todo e qualquer tipo de bens de consumo.

Por exemplo: computadores, softwares, livros, CDs, automóveis, produtos alimentícios, produtos financeiros, publicações digitais e muito mais.

 

3 – Business to Administration ou B2A; ou Business to Government ou B2G

Essas são as transações online realizadas entre as empresas e a administração pública.

 

4 – Consumer to Administration ou C2A; ou Consumer to Government ou C2G

Essas transações são aquelas efetuadas entre os indivíduos, ou contribuintes, e a administração pública.

Ambos os modelos estão ligados à ideia de modernização, de agilização, de transparência e de qualidade no serviço público.

 
 
 

E-Commerce, Um Processo Criterioso!

e-commerce, um processo criterioso

O e-commerce é uma alternativa para os pequenos empresários que precisam reduzir seus custos com a criação e implantação de uma loja virtual.

Serve também para grandes empresas que querem expandir seus negócios através do mundo digital.

Qualquer pessoa pode ter uma loja virtual.

Mas, antes de tudo, é preciso identificar um nicho em que os consumidores tenham dificuldades de encontrar nos grandes centros comerciais ou nas grandes lojas.

Depois disso basta montar um site próprio para fazer o e-commerce a partir do zero.

Ou então, adaptar-se a um site já existente, criando uma seção de loja online através de alguma plataforma.

É importante também levar em consideração o aspecto de expedição e logística.

Para alguns tipos de mercadorias, o processo de logística associado à entrega pode ser um grande problema, tais como: garrafas e produtos mais delicados.

Enquanto que outros não exigem maiores cuidados na embalagem ou no transporte, como é o caso de livros e CD’s.

Em seguida é necessário ativar e instalar os meios de pagamento online.

Normalmente o processo é bastante simples, criando-se uma conta comercial nos serviços de pagamento online: os conhecidos gateway, como o PayPal.

Por fim, é preciso estabelecer as estratégias de marketing digital para conduzir o tráfego qualificado à loja virtual.

E além de conseguir clientes que façam compras, é preciso fidelizá-los para que retornem à loja virtual.

Para iniciar as atividades no e-commerce é preciso manter as coisas simples e sabendo que não é possível ganhar dinheiro da noite para o dia.

É necessário trabalhar intensamente, fazer muitas pesquisas, tomar decisões de negócios sobre fatos aprendidos com a pesquisa e com os estudos.

Não é possível se guiar apenas por palpites. Hoje a internet permite recolher dados que só eram acessíveis através de muito estudo de mercado.

 
 
 

A Plataforma de E-Commerce!

plataforma de e-commerce

Uma das principais ferramentas para a montagem de uma loja virtual é a plataforma de e-commerce.

Um sistema que se torna o responsável pelo gerenciamento de toda a loja virtual.

A plataforma é o sistema que possibilita criar uma loja virtual e gerencia-la, incluindo produtos e estoques.

Além de exercer outras funções que fazem parte do dia a dia de um comércio eletrônico.

O empreendedor que pretende montar uma loja virtual, deve escolher sua plataforma de acordo com aquilo que pretende, já que ela é a base de toda sua operação.

Qualquer desalinhamento entre a plataforma e as necessidades do projeto podem provocar sérios transtornos ou até mesmo o fracasso do projeto.

A escolha de uma plataforma para o e-commerce deve ser encarada como um perfeito entrosamento entre o empreendedor e a tecnologia.

 
 
 

A Importância da Escolha de Uma Boa Plataforma de E-Commerce!

e-commerce, escolher uma boa plataforma

Uma boa plataforma de e-commerce deve ser completa e oferecer todas as ferramentas básicas para o gerenciamento da loja.

Ou seja, precisa incluir ferramentas que possibilitem a integração com outras áreas que também são importantes para o sucesso do empreendimento.

Por exemplo, a área de marketing digital.

A escolha de um bom fornecedor de plataforma para o e-commerce é uma missão importante, já que existem inúmeras delas no mercado.

É necessário fazer um check list de tudo que seja necessário para o projeto, como por exemplo:

  • Integração da plataforma com a versão para e-commerce do Google Analytics;
  • Ferramentas que possibilitem um bom trabalho de SEO;
  • Integração com as principais redes sociais.

A solução de e-commerce para os tempos atuais é muito mais do que simplesmente um sistema de loja virtual.

O e-commerce deve funcionar como um verdadeiro empreendimento, agregando numa mesma plataforma todas as funcionalidades necessárias para a loja virtual.

Alguns empreendedores pensam que podem começar sua loja virtual com qualquer plataforma, fazendo depois um upgrade para outra melhor.

Pelo contrário, quando se escolhe uma plataforma, é necessário ter todo um planejamento do projeto.

Entenda, trocar a plataforma no meio do caminho pode ser fatal.

Além de questões que envolvem o SEO, o e-commerce poderá perder eficiência no período em que está sendo transferida para outra plataforma.

Ao trocar a plataforma do e-commerce, o empreendedor, mesmo não querendo, estará dispensando toda uma cultura operacional da empresa.

Isso pode se refletir seriamente no desempenho das vendas ou no atendimento aos clientes.

Portanto, é preciso saber escolher uma plataforma que atenda o projeto a longo prazo.

A escolha de uma plataforma é uma decisão crítica no planejamento de um e-commerce.

Ela merece a devida atenção do empreendedor, para que não tenha problemas em função de uma escolha errada.

 
 
 

Vantagens Que o E-Commerce Pode Trazer Para o Seu Negócio!

vantagens do e-commerce

O e-commerce se torna vantajoso para qualquer empresa de qualquer porte ou qualquer ramo de atividade.

Veja a seguir, as vantagens que o comércio eletrônico pode trazer para o seu negócio:

 

1 – Loja disponível em tempo integral

A loja física não fica disponível para o cliente 24 horas por dia, os sete dias da semana.

Isso acaba com o problema do cliente que trabalha no dia todo e nos finais de semana.

Seu cliente pode comprar seus produtos a qualquer hora do dia.

 

2 – Valor mais baixo para o seu cliente

Com o e-commerce, você pode fazer um preço mais baixo para os seus clientes.

Afinal, não haverá os custos de contratação de vendedores e nem repasse de comissão aos mesmos.

 

3 – Investimento mais baixo

Todo negócio precisa de investimento e com o e-commerce, esses custos são bastante reduzidos.

Você não precisa alugar uma loja física ou investir em decoração, iluminação, saneamento, segurança e vitrine, entre outras coisas.

 

4 – Processos menos burocráticos

Abrir uma loja física é um processo muito burocrático e com a internet, tudo se tornou muito mais fácil.

Até mesmo pessoas que não têm muito conhecimento nessa área podem abrir, em pouquíssimo tempo, seu próprio negócio virtual.

 

5 – Acesso a um maior número de clientes

A internet derrubou barreiras geográficas e as distâncias.

Com o e-commerce, você pode atingir clientes do mundo todo.

 

6 – Competição com grandes e pequenas empresas

No e-commerce, a concorrência é muito grande.

Porém, oferece a possibilidade de pequenas empresas competirem em pé de igualdade com as grandes empresas, o que é muito difícil para lojas físicas.

Com uma boa estratégia de marketing, uma pequena loja pode atrair muitos consumidores.

 

7 – Facilidade na divulgação

Se sua empresa é apenas virtual, então seu marketing também pode ser.

A publicidade online é mais rápida e com um custo bem menor.

 
 
 

Como Um Blog Pode Ajudar no E-Commerce?

blog no e-commerce

O e-commerce veio para derrubar as fronteiras entre os clientes e as empresas.

E uma das maneiras de ajudar ainda mais nessa relação é através de um blog.

Veja os motivos porque um blog pode ajudar no seu e-commerce:

 

1 – Ajuda a fidelizar clientes

Um blog ajuda a fidelizar clientes através do seu conteúdo.

Se você oferecer um conteúdo de qualidade no seu blog, as pessoas estarão sempre acompanhando.

Ofereça apenas conteúdo do interesse dos seus clientes e você pode conhecer esses interesses através de enquetes e pesquisas no seu próprio blog.

 

2 – Ajuda na divulgação de produtos e promoções

Você pode divulgar seus produtos, loja e serviços através do blog.

Pode também divulgar através de outros blogs que tenham relação com o serviço que você oferece.

 

3 – Ajuda a encontrar clientes em potencial

Crie um blog com bom conteúdo relacionado à sua loja e divulgue o seu produto.

Por exemplo, se você vende roupas, crie um blog sobre moda.

Assim, os visitantes do seu blog serão pessoas propensas a comprar roupas.

Consequentemente, o anúncio para o seu produto será muito mais eficiente.

 

4 – Ajuda a receber os feedbacks dos clientes

O e-commerce melhorou e estreitou as formas de relação entre clientes e empresa.

Através de um blog, você consegue receber as críticas ou elogios dos seus clientes e melhorar sempre que for possível.

 
 
 

Finalizando Sobre … E-Commerce!

finalizando sobre e-commerce

Um e-commerce devidamente implementado funciona de uma forma mais rápida, mais barata e muito mais conveniente do que qualquer método tradicional de transação de bens e serviços.

A estratégia para montar uma loja virtual e conseguir sucesso no e-commerce pode ser bastante difícil.

Mas, se forem respeitados certos princípios e se aplicar as estratégias de marketing de uma forma correta, com certeza, torna-se gratificante.

O e-commerce no mundo todo está em franco crescimento e a tendência é de que esse crescimento seja ainda maior.

Com toda a tecnologia disponível no momento atual, muitas pessoas preferem fazer suas compras na segurança e no conforto de suas próprias casas.

Todos esses fatores contribuem para que o comércio eletrônico se torne cada vez mais lucrativo.

 

Compartilhe!

Bom, agora que chegamos ao final da matéria, gostaria de fazer uma pergunta: De alguma forma, o artigo sobre E-Commerce foi útil para você?

Se sim, então fique à vontade para compartilhar nas redes sociais com seus parentes e amigos: Facebook, Google+, Twitter, entre outras redes.

É só clicar nos botões de compartilhamento que se encontram no começo e final da página.

Ou então, deixe um comentário com a sua opinião, críticas, sugestões e possíveis dúvidas. Para nós é muito importante!

Um grande abraço e muito sucesso nos seus negócios!

 

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Comércio_eletrônico

https://www.e-commerce.org.br/

http://www.gestordeconteudos.com/tabid/3850/Default.aspx

https://www.ecommercebrasil.com.br/

 

Você quer aprender a trabalhar com e-commerce e montar uma loja virtual? Então, conheça esse incrível curso que vai te ensinar passo a passo como montar e iniciar o seu negócio online altamente rentável.

banner-importador-profissional 812x100
 
 

Opa! Junte-se a Nós e Faça Parte da Nossa Lista VIP  de Mais de 2.386 Pessoas Para Receber Todas as Atualizações do Nosso Site.

Respeitamos a sua privacidade. Nunca enviaremos SPAM.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Seja o primeiro a comentar!