CTA – COMO TORNAR UMA CALL TO ACTION IRRESISTÍVEL?

CTA – COMO TORNAR UMA CALL TO ACTION IRRESISTÍVEL?

Antes de começarmos a falar sobre CTA, ou “call to action”, vamos apresentar alguns números que comprovam sua importância:

  • Inserção de e-mail na página principal: aumento de 68%;
  • Criação de perfil nas redes sociais: aumento de 50%;
  • Criação de meta descriptions: aumento de 56%;
  • Inserção de CTA na página principal: 70%.

Esses números foram retirados de uma pesquisa feita pelo Online Marketing Coach B2B, do Study Call to Action.

Ou seja, representam o aumento de conversões com a utilização das ferramentas online mais conhecidas para alavancar os sites de e-commerce.

Em outras palavras, o volume de conversões apresentou um aumento médio de 70% após a inserção de uma call to action,

Isto é, não é preciso dizer mais nada sobre a importância dessa ferramenta nos seus negócios online, não é mesmo!

 
 
 

O Que é CTA?

o que é cta

Agora que mostramos a importância do call to action, vamos ao que você precisa aprender:

Call to action, literalmente, quer dizer: “chamada para a ação”. Esta é exatamente a função dessa ferramenta.

O CTA é usado no marketing digital, principalmente nos anúncios, e-mails e landing pages.

Se você prestar atenção, são inúmeras as vezes que você recebe uma CTA através de chamadas com sinalizações para despertar sua atenção, tanto na internet quanto fora dela.

O CTA existe para indicar o que você deve fazer num determinado contexto.

Ou então, como deve interagir com um determinado objeto e, no mundo virtual isso não é diferente.

O call to action serve para chamar a atenção para o que deve ser feito.

Por exemplo: como um cadastro para receber newsletter, o preenchimento de um formulário, um download, solicitação de orçamento, teste de software, acesso de um link, etc.

No artigo, vamos entender um pouco mais sobre o call to action no processo de conversão.

Ou seja, como fazer um bom CTA, onde ele deve ser colocado, o melhor formato e, principalmente, como analisar os resultados do CTA.

 
 
 

CTA No Processo de Conversão!

cta no processo de conversão

Antes de qualquer coisa, é preciso entender como o call to action pode ajudar no processo de conversão.

No marketing existe um conceito bastante difundido chamado AIDA:  Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Segundo esse princípio, sempre que abrimos uma página ou olhamos um anúncio, nosso cérebro passa por várias etapas.

E cada uma dessas etapas busca verificar o objetivo que deve ser atingido:

  • A atenção é a fase em que o anúncio conquista nosso cérebro, fazendo com que continuemos com a navegação;
  • O interesse é conseguido através da atenção, quando resolvemos procurar mais informações sobre a oferta;
  • O desejo é despertado quando fazemos uma análise mais detalhada, procurando saber as características e benefícios e quando procuramos saber se a oferta atende nossas necessidades;
  • Finalmente, a ação, é quando resolvemos tomar uma decisão, ou seja, quando partimos para a conversão.

O call to action serve exatamente para isso: ajudar o cérebro dos nossos potenciais clientes nas etapas de atenção e interesse, levando-o à ação.

Ou seja, o ato de clicar no CTA.

 
 
 

CTA, O Teste dos 5 Segundos!

cta, o teste dos 5 segundos

A melhor forma de saber se o call to action está chamando a atenção é o teste dos 5 segundos.

O teste é bastante simples: você pode chamar alguém que ainda não conhece o site, deixar que olhe o que ele apresenta e, ao fim de 5 segundos, minimizar o navegador e perguntar o que havia na página.

Se a pessoa não souber dizer o que havia ou o próximo passo a ser tomado, o call to action não está funcionando da forma como você queria.

A conquista da atenção apresenta algumas características que devem ser obedecidas, como, por exemplo:

  • O tamanho do CTA com relação aos outros elementos na página;
  • A posição onde o botão ou janela de CTA aparece;
  • A composição das cores da página e o contraste com o CTA;
  • As imagens utilizadas na página e no CTA;
  • O número de opções de CTA inseridos;
  • Os elementos da página que apontam para o CTA.

Assim, não adianta nada você atrair a atenção do visitante para o call to action se ele não se sentir interessado.

Por isso, os call to action do tipo “Clique aqui” ou “Fale conosco” não são muito recomendados, já que não geram interesse e não transmitem uma proposta de valor.

O principal objetivo do texto no CTA é fazer com que o visitante entenda o que vai acontecer em seguida e se sentir seguro para tomar a ação.

 
 
 

Como Fazer o Texto Para o CTA?

como fazer o texto para o cta

O call to action não pode vir sozinho, sem um contexto.

É preciso que ele resuma, em poucas palavras, a proposta de valor da oferta, dizendo o que vai acontecer depois do clique.

Assim, você deve oferecer o acesso a uma ferramenta através de um guia para o usuário, onde ele poderá se sentir seguro para tomar a ação que você está oferecendo.

Claro que não podemos dar uma receita única para o call to action. Cada oferta deve ter a sua personalidade, o seu jeito de ser mostrada.

Se você, por exemplo, estiver vendendo um produto, faça um resumo de todas as informações importantes para que o usuário tome a decisão de compra.

Isto é, coloque o preço, ofereça um desconto, coloque o valor do frete e a disponibilidade.

Com todas essas informações, o usuário se sentirá seguro para comprar o que você está oferecendo.

Para uma loja virtual, cada visita é uma chance de fazer uma venda.

Ou seja, inserindo um call to action eficiente você conseguirá concretizá-la mais facilmente.

Com textos curtos, você pode transmitir os benefícios da oferta e dizer o que vai acontecer em seguida.

 
 
 

5 Dicas Para Textos do CTA!

5 dicas para o texto do cta

1 – Começar com verbos

Os textos de call to action devem começar com verbos e serem específicos.

Se você está esperando uma ação, deixe claro qual será ela e indique para o usuário exatamente do que se trata, ou seja: jogue direto.

 

2 – Verbos no imperativo

Use verbos no imperativo, como “faça”, “ligue”, ou use o infinitivo, como “fazer” ou “baixar”.

Teste as opções em diferentes contextos e veja o que funciona melhor.

 

3 – Urgência

Crie condições de urgência, como “agora” “hoje mesmo”, mostrando que a ação é fácil e imediata.

 

4 – Números

Utilize números para destacar os benefícios, deixando claro ao usuário que ele está ganhando alguma coisa como: “desconto de 30%” ou “compre por apenas R$ 10”.

 

5 – Ofertas

Faça ofertas que valham a pena, ou seja, não espere que o usuário realize a ação só porque você quer.

Ele é quem precisa tomar a decisão e deve ter interesse. Sua obrigação é despertar esse interesse.

 
 
 

Onde Inserir o CTA!

onde inserir o cta

No e-commerce todas as páginas do site precisam ser feitas com um objetivo.

Você deve ter páginas cujo objetivo seja a venda de um produto, enquanto também deve ter páginas de download de materiais, de pedidos de orçamentos, de testes gratuitos, entre outras.

A partir desse princípio, todas as páginas do seu site devem ter uma call to action, indicando qual é o próximo passo que o usuário deve dar e qual a decisão a tomar.

O que importa é não perder a oportunidade de fechar um negócio.

Se você criar uma página sem um objetivo específico, não irá atingir seu objetivo. É melhor ter um blog e conversar sem pensar em vendas.

O que você precisa fazer é identificar os call to action que devem ser criados e colocados em cada página.

Para chegar a isso, considere os três pontos principais do marketing online:

 

1 – As personas

Basicamente é preciso pensar para quem está sendo feita a oferta e qual é o problema que seu produto vai resolver para a sua persona.

Se você tiver um blog voltado para a área de recursos humanos, não vai adiantar nada postar um texto sobre tecnologia da informação.

A não ser que tenha algo a ver com o que está oferecendo.

 

2 – O estágio da oferta no funil de vendas

O call to action deve fazer algum sentido em relação à oferta que está sendo feita.

Assim, você não pode colocar um call to action de pedido de orçamento num artigo em que o objetivo é mostrar sua empresa e dizer o que ela faz.

Da mesma maneira, não vai resolver colocar um call to action para assinar uma newsletter num texto onde você está explicando sobre o produto que está vendendo.

 

3 – O contexto do call to action

O contexto do call to action é essencial para definir o seu resultado positivo. Como exemplo, podemos destacar uma empresa que oferece soluções de TI.

Se você acessar uma página falando sobre soluções de TI, poderá inserir dois call to action:

Um deles para que a pessoa decida logo por um pedido de orçamento e outro oferecendo mais material para que o usuário possa conhecer o assunto profundamente.

Ou seja, tanto a pessoa pode tomar a decisão, quanto pode ser encaminhada para um funil de vendas.

 
 
 

O CTA Não Precisa Estar Apenas no Site!

o cta não precisa estar apenas no site

Isto é importante: você não precisa depender apenas do seu site para inserir o call to action.

Você pode inserir botões em campanhas de e-mail marketing, numa newsletter enviada para usuários cadastrados, no perfil de sua empresa nas redes sociais.

Isto é, em tudo que fizer para divulgar sua empresa ou seus negócios online.

O contexto e a otimização da página são essenciais para o processo de conversão.

Você pode aumentar essa taxa se souber como, onde e de que forma utilizar o call to action.

Ou seja, você precisa criar uma sintonia entre o call to action e o restante da página para que tudo funcione de maneira bem entrosada.

Vamos lembrar o conceito de AIDA: a atenção e o interesse são despertadas pelo call to action.

Contudo, o desejo vai exigir uma análise maior por parte do visitante, que deve receber as informações através da landing Page para se convencer e tomar a atitude.

 
 
 

Escolhendo o Melhor Formato Para o CTA!

escolhendo o melhor formato para o cta

Não existe um padrão determinado para o call to action.

Você pode escolher uma variedade imensa de formas e versões, embora elas devam ter algumas características principais:

 

1 – Botões

O formato mais encontrado em páginas iniciais de sites são os botões “above the fold”.

São aqueles que se apresentam antes que o visitante possa rolar a página para baixo.

Eles também são usados em formulários, em campanhas de e-mail, páginas de compras e outros.

Os botões facilitam a ação relativa a qualquer decisão que o visitante possa tomar naquele momento.

Eles podem clicar ou fechar e partir para a continuidade de sua visualização da página ou para a leitura do e-mail.

São colocados em dois formatos:

  • O principal, com maior destaque em relação ao restante da página.
  • O secundário, menos visível, mas que é a opção para quem ainda não tomou a decisão.

 

2 – Banners

Um dos formatos mais utilizados em blogs, anúncios em redes de display e mídias sociais é o banner.

Uma imagem que, por si só, oferece mais informações do que apenas um botão.

O banner pode caminhar junto com um artigo, por exemplo, estando sempre presente sem impedir a visualização.

Mas, sempre lembrando que o visitante pode tomar a decisão a qualquer momento.

 

3 – Link em textos

O link em textos possui mais um caráter de link interno, não se limitando a postagens em páginas ou blogs.

Ele pode ser também utilizado em qualquer outro tipo de divulgação, como e-books, vídeos e e-mails.

 
 
 

Dicas Para Que Seu CTA Seja Notado!

dicas para que seu cta seja notado

De uma forma geral, os call to action ficam misturados no conteúdo da página.

Por isso, é importante que eles se tornem visíveis pelos visitantes.

Para que seu call to action possa se destacar, é preciso tomar algumas providências:

 

1 – Uso de cores contrastantes

Quando você cria uma página, você deve fazer com que todos os elementos chamem a atenção do usuário.

Mas, se quer que o visitante possa prestar atenção num call to action, ele deve se sobressair entre tudo o que está na página.

Para conseguir esse objetivo, use uma cor contrastante, que se sobressaia aos outros elementos, chamando mais a atenção do que todo o restante da página.

 

2 – Posição do call to action

O call to action deve ficar numa posição que favoreça sua visualização.

A chamada deve ficar bem visível sem que o visitante precise rolar a barra.

Ou seja, o que chamamos de “above the fold”. A expressão vem do jornalismo, significando “acima da dobra”.

São aquelas manchetes mais importantes inseridas de forma a aparecer antes do ponto em que a capa do jornal é dobrada.

 

3 – Coloque imagens no call to action

Uma imagem vale mais do que mil palavras em qualquer situação e no call to action o ditado também é valido.

Se você inserir uma imagem na sua chamada, ela será bem melhor percebida.

Assim, por exemplo, quando você faz a divulgação de um e-book.

O lógico é colocar uma imagem da capa do e-book para chamar mais a atenção do visitante.

 

4 – Coloque setas

As setas têm um grande poder de chamar a atenção.

Elas sempre têm um poder maior de atração, indicando ao visitante um local para ser visto.

Isto é, onde deve prestar mais atenção do que em qualquer outra coisa.

 

5 – O tamanho segundo a sua importância

O tamanho do call to action é um fator importante e faz muita diferença.

Portanto, aplique o tamanho de cada chamada de acordo com sua importância.

Seja para um download, para uma conversão ou para um artigo importante.

 
 
 

Como Fazer o Visitante Clicar no CTA?

como fazer o visitante clicar no cta

O importante do call to action é chamar a atenção para o visitante clicar.

Alguns pequenos detalhes podem fazer a diferença, tornando as chamadas mais interessantes.

Vamos a esses detalhes:

 

1 – Seja bem específico

Mostre ao seu visitante exatamente o que você quer que ele faça e como ele deve fazer.

Assim, se quer um cadastro, escreva: “Faça aqui seu cadastro”, se está oferecendo um e-book, “Receba aqui seu e-book”.

 

2 – Crie uma expectativa de urgência

Use frases como “receba hoje mesmo”, “faça sua compra agora”.

Esse tipo de chamada cria a expectativa de urgência no visitante, funcionando muito bem para o call to action.

 

3 – Mostre as vantagens com números

Uma forma de deixar bem claro os benefícios para o visitante é usar números.

Por exemplo, um percentual de desconto (ganhe 50% de desconto) ou um valor bastante acessível (só hoje por apenas R$ 19,99).

 

4 – Não fuja das convenções da internet

Os usuários estão acostumados com as convenções da internet.

Por isso, é preciso segui-las, tendo os links sublinhados ou com cores diferentes do restante do texto.

Se você criar um botão, use o efeito 3D para que ele tenha a aparência de clicável.

Antes de publicar, verifique se tudo está funcionando direito com os textos, imagens e botões.

No caso do mouse, mude o padrão do cursor para uma mão apontando no modo clicável.

 

5 – Use cores para mexer com a emoção

As cores contrastantes chamam a atenção, mas também é importante usa-las através das emoções que elas provocam nas pessoas.

Uma cor laranja, por exemplo, normalmente é associada a sentimentos positivos, enquanto que o verde denota a mensagem de permissão.

 

6 – Ofereça o que realmente valha a pena para o visitante

O visitante não vai tomar a atitude de clicar no call to action só porque você quer.

Ele só vai clicar se houver algo de seu interesse.

Portanto, é importante que você ofereça algo que seja de fato interessante para ele.

 
 
 

Analisando os Resultados do Seu CTA!

analisando os resultados do seu cta

A métrica principal utilizada para verificar os resultados de um call to action é o CTR, ou taxa de clique (click throug rate).

O CTR responde o número de pessoas que clicaram no call to action entre todas as que visitaram a página.

A melhor forma de conhecer o CTR de um call to action é através do Google Analytics.

Uma ferramenta que não exige nenhum conhecimento técnico de sua parte.

Ao escolher o link para onde o seu call to action vai apontar, crie também os parâmetros de rastreamento do URL Builder.

Para isso, use o link rastreado em seu CTA.

Deixe o call to action no ar durante um tempo.

Acesse o Google Analytics, quando quiser analisar os resultados, para acompanhar o número de visitantes da página onde o call to action está inserido.

No relatório apresentado, você poderá ver quantos visitantes chegaram até a página de destino do call to action através do link rastreado que você criou.

O seu CTR será a divisão entre o número dos visitantes a partir do CTA e o número de visitantes na página onde está o CTA.

Por exemplo, você teve mil pessoas que visitaram a página onde está a call to action.

Dentre elas, 100 pessoas clicaram na cal to action.

Significa que você terá um percentual de 10%, ou seja, 100/1000.

Fique atento também ao período selecionado no Google Analytics para usar o mesmo tempo em ambos os levantamentos.

Assim, sempre que você mudar o CTA, também meça o CTR, já que essa é a métrica que vai traduzir a performance do seu call to action.

 
 
 

Finalizando Sobre … CTA!

finalizando sobre cta

Agora que você já tem conhecimento do que é CTA e da sua importância para as estratégias dos seus projetos online, comece a colocar em prática.

Pesquise bastante antes de criar seus call to action.

Procure referências, analise as páginas onde eles são inseridos e veja o que os especialistas em otimização de conversão estão fazendo.

Além disso, veja os e-mails, as redes sociais e os anúncios das empresas.

Perceba bem a importância do call to action e procure ler mais a respeito.

Procuramos, neste artigo, colocar todas as informações importantes e relevantes para o seu negócio.

Faça tudo com muito cuidado e carinho. A partir do call to action é que você terá um bom resultado em suas conversões.

 

Compartilhe!

Bom, agora que chegamos ao final da matéria, gostaria de fazer uma pergunta: De alguma forma, o artigo sobre CTA foi útil para você? 

Se sim, então fique à vontade para compartilhar nas redes sociais com seus parentes e amigos: Facebook, Google+, Twitter, entre outras redes.

É só clicar nos botões de compartilhamento que se encontram no começo e final da página.

Ou então, deixe um comentário com a sua opinião, críticas, sugestões e possíveis dúvidas. Para nós é muito importante!

Um grande abraço e muito sucesso nos seus negócios!

 

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Call_to_action

https://resultadosdigitais.com.br/blog/tudo-sobre-call-to-action/

https://blog.hotmart.com/pt-br/guias-e-tutoriais/o-que-e-call-to-action/

http://www.agenciamestre.com/usabilidade/cta-saiba-tudo-sobre-call-to-action/

https://smallbiztrends.com/2013/08/online-marketing-coach-releases-small-business-b2b-call-to-action-study/

 

Entendeu o que é uma CTA? Então, que tal colocá-la em prática conhecendo esse incrível curso que vai te ensinar como montar e iniciar o seu negócio online de uma forma altamente rentável.

banner-formulanegocioonline-812x100

 
 

Opa! Junte-se a Nós e Faça Parte da Nossa Lista VIP  de Mais de 2.386 Pessoas Para Receber Todas as Atualizações do Nosso Site.

Respeitamos a sua privacidade. Nunca enviaremos SPAM.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!